Pix: o que é e como funciona?

O que é o Pix?

O Pix é um sistema de pagamentos e transferências instantâneo, ou seja, as movimentações acontecem em tempo real.

E esse é seu grande diferencial: a agilidade.

Com a implementação do Pix, será possível fazer uma transferência bancária em segundos para qualquer banco durante todos os dias do ano, 24 horas por dia. Além de possibilitar o pagamento de contas, impostos e outras taxas com a mesma agilidade.

Diferente de como acontece hoje, não vai ser mais preciso esperar o dia seguinte para fazer as movimentações caso seja fim de semana ou já tenha passado do horário comercial.

Antes X Depois

Pra te ajudar a esclarecer quais são as vantagens dessa novidade, podemos comparar o PIX com os métodos mais antigos de transferências.

Documento de Ordem de Crédito (DOC), por exemplo, só permite a transferência de valores até R$ 4.999,99 e o dinheiro só cai na conta de destino no dia útil seguinte do pedido. Além disso, se você pedir a transferência depois das 22h, o prazo se estende pra dois dias úteis depois. Cheio de regrinhas e super demorado!

Outro método, é a Transferência Eletrônica disponível (TED). Com o TED você pode transferir qualquer valor, sem restrições, e o dinheiro cai na conta logo que o pedido for feito. Mas, a transferência só será imediata se for feita até às 17h em dias úteis. Se passar da hora, for fim de semana ou feriado, esquece. O dinheiro só cai no próximo dia útil.

Como vai funcionar o Pix?

O Pix poderá ser usado por qualquer pessoa que possui uma conta em banco, instituição de pagamento ou fintech. Não precisa ser necessariamente uma conta bancária ou corrente – pode ser poupança, conta-salário, entre outras.

Para usar o Pix, você irá acessar o aplicativo do seu banco e fazer o registro da chave usando seu número de celular, e-mail ou CPF/CNPJ. Assim, os dados da sua conta, agência e banco estarão vinculados à sua chave e você não precisará passar os seus dados bancários pra quem for te pagar.

E se quiser ter mais privacidade, basta cadastrar uma chave aleatória. A chave aleatória é um código composto por 32 caracteres gerados aleatoriamente, semelhante ao número do código de barras. Você poderá usá-la quando não quiser passar seus dados pessoais na hora de fazer uma compra ou transferência.

O lançamento oficial do Pix será em novembro, mas em outubro já será possível fazer o cadastro de chaves e se preparar para aproveitar as vantagens dessa novidade.

FONTE: BANCO INTER / BANCO CENTRAL